É com prazer que anuncio a possibilidade de integrar o facebook ao forum. Estamos sempre buscando formas de melhorar o site. Administração

    Entrevista com Daigo Umehara, jogador de videogame profissional e melhor do mundo

    Compartilhe
    avatar
    Fred
    Admin
    Admin

    Mensagens : 1842
    Data de inscrição : 09/10/2009
    Idade : 34
    Localização : Contagem - MG - Brasil

    Ficha do personagem
    RPG: 20

    Entrevista com Daigo Umehara, jogador de videogame profissional e melhor do mundo

    Mensagem por Fred em Sex Nov 04, 2011 9:47 pm


    Quantos de vocês, leitores do site TechTudo, desejaram ao menos uma vez na vida não fazer mais nada além de jogar videogame, e ainda serem pagos para isso? Pode parecer o sonho de todo jogador, mas acredite: a vida de um profissional dos videogames está longe de ser o bonus stage que todos pensam que é. Assim como qualquer competição de alto rendimento, é preciso muita dedicação para chegar longe no esporte eletrônico.

    Um exemplo disto é o Daigo Umehara. Este Japonês de 30 anos vem ganhando importantes torneios de videogame desde 1997, e protagonizou algumas das lutas mais memoráveis da história do entretenimento eletrônico, como o famoso duelo contra Justin Wong no EVO – o maior torneio de jogos de luta do mundo – em 2004.

    Pelo estilo agressivo, Daigo recebeu o apelido de “the Beast” – “a Besta”, que faz justiça a carreira deste que é considerado pela mídia japonesa como o jogador mais dominante dos games de luta 2D: se Street Fighter fosse futebol, Daigo seria uma mistura de Pelé, Garrincha, Romário e Ronaldo Fenômeno.

    Entre um desafio virtual com o também craque japonês Poongko a uma viagem planejada para o Kuwait para um evento de exibição, Daigo encontrou um espaço na sua agenda, dividida entre fliperamas e exercícios físicos, para responder as perguntas do TechTudo nesta que é a sua primeira entrevista para um órgão de imprensa Brasileiro.

    Neste bate papo franco e exclusivo, Daigo fala da sua carreira, do treinamento intenso para se tornar um jogador profissional, de suas lutas clássicas e do resultado do último EVO, quando ele tentava o tricampeonato da competição, mas acabou ficando com o quarto lugar. Daigo comenta ainda sobre as suas expectativas para o patch 2012 de Super Street Fighter IV Arcade Edition, abre espaço para novos desafiantes e ainda dá conselhos para os Brasileiros que queiram seguir a carreira como profissionais do Joystick.

    TechTudo: Como você se tornou um jogador de videogame profissional?

    Daigo Umehara: Meu patrocinador, Mad Catz, acreditou em mim e me procurou para que eu me tornasse o primeiro jogador profissional patrocinado por eles em abril de 2010. Eu me tornei o primeiro jogador profissional japonês. Mad Catz vem me dando um apoio caloroso e profundo desde então. Eu acredito no produto deles e estou muito feliz com nossa parceira e com orgulho do que conquistamos até agora.

    TechTudo: Você tem algum colega de treino? Como é a sua rotina de treinamentos?

    Daigo Umehara: Eu não tenho um parceiro em particular com quem eu pratique. Eu vou para o fliperama e enfrento quaisquer pessoas que estejam lá. Em casa, a mesma coisa. Eu não apenas jogo, como encaro cada partida com muita seriedade. Eu constantemente penso e analiso o que faço, o que o oponente faz, e como eu posso fazer melhor. Eu continuo praticando até me sentir 100% confiante em mim mesmo. Como profissional, levo meu trabalho muito a sério, e pratico religiosamente todos os dias.

    TechTudo: Como é a sua preparação mental para um torneio? Você tem um ritual pessoal ou amuleto da sorte?

    Daigo Umehara: Força mental desempenha um papel principal em um jogo de luta, e como eu controlo as minhas emoções não apenas em grandes torneios, mas também até mesmo em partidas de treino regulares, eu acho, é um dos elementos mais importantes para se jogar um game de luta. Para se fazer isso, eu pratico bastante até me sentir satisfeito e confiante na minha condição. Então, eu não tenho dúvidas sobre qual golpe realizar. Nenhuma situação de risco ou perigo me amedronta. Esta é basicamente de onde vem a minha força mental.

    Acho que o que significa ser “mentalmente forte” é na verdade ser mentalmente estável e saudável. Tentar questionar seus instintos e ser ganancioso leva a erros, e eu acredito que estes erros podem ser evitados desde que você esteja equilibrado mentalmente. E para ter equilíbrio mental, é preciso ter um corpo saudável. Então eu também me exercito com regularidade.

    Eu não acredito em sorte. Eu acredito em dedicação e trabalho duro. Se eu consigo atender aos meus padrões e me sentir satisfeito comigo mesmo na preparação para um torneio, eu posso jogar bem. Tudo que acontece em uma partida, incluindo golpes de “sorte” são consequências do meu trabalho duro. Isso é como eu tento enxergar as coisas (risos). É porque ser forte não significa que você vai vencer sempre. Existem vários fatores que determinam a vitória em um jogo de luta.

    TechTudo: Algumas de suas partidas ficaram famosas na internet, como a luta contra Justin Wong no EVO 2004. Como você se sente em relação a isto?
    Daigo Umehara: Primeiramente, pareceu surreal. Eu não sabia quantas pessoas viram o momento EVO 2004 (assista ao vídeo abaixo), e quantas pessoas me conheciam fora do Japão. O Kotaku.com (famoso portal de videogames) escolheu a partida como o melhor momento na história dos videogames profissionais o que é grandioso.


    Eu fiquei tão surpreso quando fui para São Francisco para um evento de SF IV em 2009, mais de mil pessoas que se reuniram torceram por mim com entusiasmo e energia. As pessoas me conheciam na comunidade (de jogadores de videogame) no Japão, mas pessoas do ocidente demonstram grande entusiasmo e apoio, e eu estou muito grato. Ainda me sinto tímido a respeito de tudo isso, mas me sinto honrado de ter este apoio caloroso ao redor do mundo.

    TechTudo: Os seus Shotos (como Ryu e Ken) são famosos desde Street Fighter II, mas no último EVO você mudou de personagem e escolheu Yun. Por que? Você planeja a voltar a utilizar Ryu no próximo torneio?

    Daigo Umehara: Eu não tenho certeza se a versão 2012 vai ser a mesma coisa em termos de equilíbrio de personagens. Provavelmente irá mudar, e se mudar, eu provavelmente não vou voltar a escolher o Ryu. Eu gosto do Ryu como personagem, mas do jeito que está, ele não está indo bem em comparação com a força dos demais personagens. Se isto mudar, posso considerar o Ryu na nova versão.


    TechTudo: Você leva Tier Lists (listas elaboradas levando match ups em consideração para estudar quais são os personagens mais fortes do jogo) em consideração na hora de escolher com quem jogar? No Street Fighter mais recente, é praticamente um consenso que Yun e Fei Long são os personagens mais fortes. Você acredita que eles tem vantagem em Super Street Fighter IV Arcade Edition?

    Daigo Umehara: Sim, Yun e Fei Long são os personagens números 1 e 2 na Arcade Edition, respectivamente. Yun tem o melhor ataque e velocidade. Não existe outro personagem que tenha o mesmo conjunto de habilidades que o Yun, e essencialmente, nenhum personagem pode vencer Yun se desconsiderarmos a habilidade do jogador. Fei Long também tem grande habilidades ofensivas e defensivas. Fei Long é quase uma versão espelhada do Yun, com melhor defesa e ofensividade topo de linha. Então, em termos de habilidade do personagem, eles são o número 1 e 2.

    TechTudo: Apesar disso você considera SSFIV AE um jogo equilibrado? Quais as suas considerações com relação as modificações que o jogo vai sofrer com o patch 2012? Considerando as mudanças anunciadas pela Capcom, você planeja escolher outro personagem como o seu principal?

    Daigo Umehara: Eu só joguei um pouco (da versão 2012) em setembro, então não posso comentar muito sobre ela, mas acredito que está mais equilibrada que a Arcade Edition (nota: a versão com o Patch 2012 de SSFIV AE já está disponível em alguns arcades do Japão). Mas novamente, penso que ela ainda sofrerá ajustes , então não posso dizer ainda como será o resultado final.


    Troféu do EVO 2010 (Foto: Arquivo Pessoal)

    TechTudo: Você era um dos favoritos do EVO deste ano, mas terminou em quarto após ter vencido nos dois anos anteriores. O que aconteceu? Você acha que poderia ter conseguido uma colocação melhor caso tivesse jogado com o Ryu?

    Daigo Umehara: Eu não acho que Ryu teria feito diferença. Coincidentemente, eu não enfrentei ninguém que usasse um personagem que Ryu não pudesse ter vencido, mas foi apenas um acidente. De longe Yun é o melhor personagem na AE. E eu estava inspirado para vencer o torneio.

    Acredito que o nível dos jogadores do EVO subiu tanto que ele se tornou muito mais competitivo. A comunidade mundial de jogos de luta cresceu muito, graças a produção do EVO e quem os apóia. Isto tudo significa que eu tenho que me dedicar ainda mais. O nível aí fora e o momento que a comunidade está passando fez com que o torneio se tornasse muito mais divertido e interessante para mim. Por natureza, eu sou um desafiador. Eu gosto mais de estar no lugar do desafiante do que estar na cadeira do campeão o tempo inteiro. Então eu apenas irei treinar mais forte para o EVO do ano que vem.

    TechTudo: Existem muitos grandes jogadores no Japão. Quais competidores você mais respeita? Você tem algum “rival pessoal”?

    Daigo Umehara: Existem muitos bons jogadores japoneses desconhecidos no resto do mundo, e cada jogo tem diferentes fortes concorrentes. Eu não consigo pensar em um jogador que considere rival por esta razão.

    TechTudo: Se um brasileiro quiser te desafiar, o que ele precisa fazer? É possivel te encontrar na Live/PSN, ou apenas em torneios e fliperamas do Japão?

    Daigo Umehara: Eu geralmente jogo na Taito Station de Shinjuku, Tóquio. Vocês pode me encontrar lá. Qualquer jogador é bem-vindo para chegar e jogar comigo. Agora vocês sabem onde podem me encontrar. Eu também recentemente lancei uma campanha no Japão para promover os fliperamas japoneses. Foi a minha maneira de honrar os fliperamas onde me criei e me fizeram ser quem eu sou hoje. Eu não me tornaria um campeão mundial e pro-gamer sem crescer com a minha valiosa experiência nos fliperamas. Existem muitas pessoas apoiando o movimento que eu estou tentando criar. Eu estou muito agradecido com a resposta que estou recebendo da comunidade. E estou muito excitado de pensar em como o movimento pode crescer a partir daqui. Eu espero que vocês me apoiem, também. Vocês podem acompanhar meu trabalho em www.daigothebeast.com e no twitter @daigothebeast.

    TechTudo: No nosso país não existem muitos fliperamas; os consoles, periféricos e jogos são muito caros e a conexão da internet banda larga é cara e lenta se comparada a do Japão. Dito isto, é fácil perceber como o jogador brasileiro luta contra várias adversidades para melhorar suas habilidades no videogame. Você tem alguma dica para os seus fãs Brasileiros que queiram virar profissionais, apesar destas dificuldades?

    Daigo Umehara: Isto é muito duro, e eu gostaria de poder fazer algo pelos jogadores Brasileiros. Eu entendo as circunstâncias difíceis que eles enfrentam, e sinto por eles, mas eu espero que as pessoas mantenham viva a paixão pelo jogo e nunca parem de sonhar com um contexto melhor para os videogames. Eu espero que este dia chegue logo.

    TechTudo: No Brasil, esportes eletrônicos ainda não são encarados com seriedade – não existem muitas convenções de videogames, não temos torneios de grande expressão e jogadores tem dificuldade em encontrar patrocinadores para participar de eventos internacionais. Ainda assim, existem muitos jogadores talentosos, especialmente em jogos de tiro e futebol. O que devemos fazer para melhorar este cenário no nosso país?

    Daigo Umehara: Sabe, vivemos a mesma situação por muito tempo no Japão. Lutamos contra a noção de que “um videogame é apenas um jogo, nada sério”. As pessoas nunca encararam isto com seriedade. Então eu entendo a dificuldade pela qual o brasileiro está passando. Mas a situação no Japão mudou vagarosamente ao longo dos anos. Eu verdadeiramente acredito que isto pode mudar no Brasil também. Então por favor não se desesperem. Apesar da situação difícil, nós nunca nos esquecemos de nosso amor pelo game, e isto eventualmente nos levou a mudança. Não desistam de sua paixão!

    Fonte: http://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/jogos.html


    _________________________________________________________

    Canal de vídeos do forum

      Data/hora atual: Ter Mar 28, 2017 7:34 pm