É com prazer que anuncio a possibilidade de integrar o facebook ao forum. Estamos sempre buscando formas de melhorar o site. Administração

    Wikipedistas: conheça os editores por trás da Wikipédia

    Compartilhe

    Fred
    Admin
    Admin

    Mensagens : 1842
    Data de inscrição : 09/10/2009
    Idade : 34
    Localização : Contagem - MG - Brasil

    Ficha do personagem
    RPG: 20

    Wikipedistas: conheça os editores por trás da Wikipédia

    Mensagem por Fred em Dom Jan 16, 2011 11:04 am

    Wikipedistas: conheça os editores por trás da Wikipédia|
    Variações do logotipo comemorativo de dez anos da Wikipédia foram criados pela própria Fundação Wikimedia e também por usuários


    ReduzirNormalAumentarImprimirEmily Canto Nunes
    É sábado, você não trabalha, e resolveu sentar depois do café da manhã para ler aquela revista que ainda nem tirou do plástico. Você vai direto para a matéria de capa, sobre um assunto que você gosta e domina. Termina de ler o texto e pensa em todas as informações que adicionaria àquele artigo, para deixá-lo mais completo. Mas não pode. Você então resolve ler um livro. Algumas páginas adiante você encontra um erro de digitação e se pergunta como é que o revisor não viu aquilo, por que não usou corretor ortográfico e gramatical? Você então parte para a internet. Está lendo uma notícia quando se depara com um termo que desconhece. O que você faz? O mais provável é que busque a palavra em sites como o Google ou o Yahoo. Sendo assim, as chances de uma das primeiras ocorrências em português ser de uma página na Wikipédia são grandes. Afinal, são mais de 17 milhões de artigos em 270 línguas e quase 700 mil em português. Você abre a página do termo na Wikipédia, descobre o que ele significa, mas encontra um erro de digitação. Diferentemente do que ocorreu com o livro ou com a revista, na Wikipédia você pode editar. Um simples cadastro e você se torna um wikipedista.

    Um wikipedista, ou simplesmente um editor ativo da Wikipédia, pode ser qualquer um. Pode ter 52 anos, como o Névio e entrar para a Wikipédia por uma necessidade profissional. Ele, que é editor da enciclopédia desde 2008, viu na experiência da Wikipédia um exemplo de plataforma de treinamento ágil e de baixo custo, ou, em outras palavras, o software Mediawiki, tecnologia que permite projetos colaborativos. Ou ter 16 anos como Richard Melo da Silva, que fez uma pesquisa sobre a Romênia e resolveu se tornar um editor ativo em 2009, escrevendo artigos nas áreas de geografia e futebol, e arriscando contribuições em matemática e história. Ou ainda como ChiristianH, 13 anos, que segundo ele próprio é o único editor na área de rap/hip hop e entrou na Wikipédia buscando informações sobre o Wrestling.

    Mas um wikipedista não precisa, necessariamente, estar interessado em escrever artigos. Em um projeto colaborativo como a Wikipédia, e especialmente livre, os voluntários colaboram como podem e querem. Seja escrevendo artigos inteiros como fez Fernando Souza, ou Auréola, 17 anos, que se diz responsável em grande parte pelo artigo sobre Machado de Assis. "Foi meu primeiro trabalho inteiramente pesquisado em livros, mas também traduzo muito das outras Wikipédias, principalmente da em inglês", conta ele sobre sua forma de contribuir. Para Pedro Spoladore, na Wikipédia "você tem liberdade de iniciativa para melhorar as coisas, opinar, discutir e votar. Você também é livre para editar quando puder e quando quiser, ou seja, o seu compromisso é voluntário. No momento em que estou enfadado, simplesmente me afasto. Mas a Wikipédia sempre nos atrai novamente".

    Um wikipedista pode atuar contra os vandalismos na Wikipédia, como faz a grande maioria dos mais de dez editores entrevistados pelo Terra para falar sobre o que é ser um wikipedista, ou wikipediano. Zelar para que a Wikipédia continue sendo um dos sites mais acessados do mundo e que sempre conste nos primeiros resultados dos sites de busca é tarefa das mais importantes para os membros da comunidade. A qualidade dos artigos é importante para a manutenção da credibilidade do site, e principalmente para que a Wikipédia continue sendo o ponto de partida da busca pelo conhecimento, como prega Jimmy Wales. Um dos objetivos de Roberto Gilnei, que conta que um artigo editado por ele já foi utilizado em matéria de jornal, é acabar com o preconceito que ainda existe contra a Wikipédia: muitas pessoas consideram que a enciclopédia não é fonte "fiável". Além disso, a confiabilidade é ajuda na conquista de novos usuários. Jaider Ferreira , 20 anos, tornou-se um wikipedista quando percebeu que a maioria das suas buscas na web o levava para o site da Wikipédia. Fábio Azevedo também entrou para a comunidade após ler alguns artigos da sua área, matemática aplicada, e perceber que podia melhorá-los.

    E tão simples quanto ser livre e colaborativa como a Wikipédia são os motivos pelos quais os wikipedistas se tornaram wikipedistas. Em um projeto coletivo, sem fins lucrativos, contribui-se por prazer, simplesmente por gostar da coisa em si, como bem alertou Belanidia . É um passatempo, um hobby, "algo que me estimula intelectualmente", disse. Ou, como conta Paulo Rená : marginalmente à edição, é possível aprender durante a pesquisa, ou ainda na tradução, na correção. Mas é claro que a maioria dos wikipedistas está de acordo com a meta da Wikimedia Foundantion de colaborar para "um mundo em que cada ser humano tenha acesso livre à soma de todos os conhecimentos". Para Alexandre Abdo, o Solstag , "contribuir é um ato de cidadania".

    A comunidade de wikipedistas
    A convivência em comunidade, porém, exige que alguns princípios sejam seguidos e também algumas regras. Artigos que não têm relevância para uma enciclopédia, como inserção de propaganda, manuais, ofensas e perguntas são eliminados. Aqueles sobre cuja relevância os usuários discordam têm sua permanência discutida pelos wikipedistas, entre diversas outras regras que regem o trabalho desses voluntários. Para Alexandre Abdo, é difícil definir a comunidade de wikipedistas: "como se define os frequentadores da Praça da Sé ou do Mercadão Central? Tem todo tipo de gente. Acho importante entender que muita gente contribui sem participar das discussões de detalhes das regras. Os pilares fundadores e os princípios não mudam, o que muda é a forma de tratar os abusos, os conflitos e as exceções. A maioria das edições e, portanto, a comunidade, passa longe de ser afetada por essas regras específicas."

    Especificamente, a comunidade de editores da Wikipédia em português convive com uma característica intrínseca à versão: de que não apenas brasileiros colaboram para o site, mas também portugueses e outros falantes de português. No geral, os wikipedistas contam que a relação entre portugueses e brasileiros é harmoniosa. De acordo com Spoladore, depois da adoção pela comunidade do Acordo Ortográfico de 1990, houve uma sensível mudança para melhor. "Hoje está mais pacífica, e de maneira geral, a relação é muito boa, de cooperação, tolerância e respeito". Ele complementa explicando que regras de boa conduta ajudam nesse relacionamento de pessoas separadas por distâncias e diferenças socioeconômicas e culturais do tamanho do Atlântico: "se um artigo começou a ser escrito em português de Portugal, é mais adequado e respeitoso expandi-lo sem corrigir a grafia para o português do Brasil".

    Dez anos de Wikipédia
    Muitos dos wikipedistas entrevistados pelo Terra não poderão participar das comemorações espalhadas pelo mundo dos dez anos da Wikipédia, mas todos concordam que só há motivos para festejar. Ainda que a maioria deles tenha suas próprias sugestões do que poderia mudar no site, todos concordam que a Wikipédia, como observou Roberto Gilnei, "é um marco na internet, assim como são o Google, o YouTube e outros, e por isso merece muito ser comemorada". Para Paulo Rená, a data merece ser celebrada "porque representa o sucesso de uma iniciativa muito especial, que condensa muitas das inovações sobre o conhecimento e a informação que a era digital traz para a humanidade, em especial a valorização da colaboração voluntária". Ou ainda, como bem observou Mario Henrique , "uma enciclopédia que em dez anos vira um dos sites mais acessados do mundo e contém em seu interior mais de 17 milhões de artigos em mais de 270 línguas deve ter uma comemoração interessante. Se nos dez primeiros anos foi assim, imaginem daqui a 20 ou 30 anos".

    Fonte: http://tecnologia.terra.com.br




    _________________________________________________________

    Canal de vídeos do forum

      Data/hora atual: Dom Fev 19, 2017 1:38 pm