É com prazer que anuncio a possibilidade de integrar o facebook ao forum. Estamos sempre buscando formas de melhorar o site. Administração

    Tecnologia das vacinas oferecida a Angola

    Compartilhe
    avatar
    Fred
    Admin
    Admin

    Mensagens : 1842
    Data de inscrição : 09/10/2009
    Idade : 34
    Localização : Contagem - MG - Brasil

    Ficha do personagem
    RPG: 20

    Tecnologia das vacinas oferecida a Angola

    Mensagem por Fred em Sab Jan 15, 2011 6:29 am

    Tecnologia das vacinas oferecida a Angola

    Cuba está disponível para passar para Angola o seu conhecimento e tecnologia, para que possa fabricar localmente variedades de vacinas, entre as quais a terapêutica contra o cancro do pulmão avançado no mundo.


    Essa disponibilidade foi revelada ontem pelo embaixador cubano em Angola, Pedro Ross Leal, depois de ter sido recebido em audiência pelo Vice-Presidente da República, no quadro da preparação da visita que este efectua de 17 a 21 deste mês a Cuba.
    A Ilha caribenha anunciou no princípio desta semana a criação da primeira vacina terapêutica contra o cancro do pulmão avançado no mundo, com a qual mais de mil pacientes receberam tratamento. Denominada “CimaVax EGF”, a vacina é o resultado de mais de 15 anos de pesquisa direccionada para o tumor e não provoca efeitos adversos severos, conforme garantiu Gisela González, responsável pelo projecto no Centro de Imunologia Molecular de Havana.
    Ontem, em declarações à imprensa, o embaixador cubano garantiu que o seu país está disponível para oferecer a Angola o seu ­conheci­mento e a sua tecnologia para que esta e outras vacinas possam ser fabricadas em Angola.
    “Como sabem, recentemente foi descoberta em Cuba a vacina terapêutica para o cancro do pulmão, mas temos outro grupo de vacinas que são distribuídas às crianças com até cinco anos de idade. São no total 13 vacinas, das quais nove produzidas em Cuba. Estamos na disposição de transladar o ‘know how’ para Angola para que este país possa produzir, também, essas vacinas, com pessoal técnico angolano”, assegurou o diplomata, quando questionado sobre as áreas que podem ser exploradas no âmbito da cooperação bilateral.
    Pedro Leal sublinhou que, quanto à cooperação bilateral, Luanda e Havana estão a dar prioridade à promoção das áreas que podem ser de interesse comum, concretamente a saúde e a investigação científica, área em que pode ser enquadrada a produção de medicamentos e vacinas.
    Ao falar do apoio que Cuba presta a Angola no domínio da Saúde, destacou a abertura do Centro Oftalmológico de Benguela, que conta com especialistas cubanos. Pedro Ross Leal revelou que o Centro Oftalmológico de Benguela, tido como de referência na região, atendeu já cerca de 290 mil pessoas e fez 16 mil cirurgias. O diplomata destacou, também, a cooperação no domínio da Educação. “Estamos a cooperar nos centros de ­educação tecnológica em várias províncias; em centros de formação de médicos, nomeadamente em Benguela, Cabinda, Huambo, Huíla e Malange”, disse. Assegurou que Cuba espera desenvolver essa cooperação sempre que Angola manifeste esse desejo.
    Pedro Ross Leal revelou que 1.774 cooperantes cubanos se encontram a trabalhar em 123 municípios de Angola e é desejo destes chegarem “até onde for necessário”. “Os nossos médicos, mestres e construtores estão dispostos a estar onde Angola precise deles”, sublinhou o embaixador.

    Fonte: http://jornaldeangola.sapo.ao


    _________________________________________________________

    Canal de vídeos do forum

      Data/hora atual: Ter Maio 23, 2017 6:38 am